Horário: Todos os dias, das 10h00 às 18h00

Rua Conde Dom Henrique

4800-412 Guimarães

PD1086

Objeto museológico (PDB)

Peitoral
Autor: Desconhecido
Centro de Fabrico: Alemanha
Data: Século XV
Material: Ferro
Dimensões (cm): alt. 42 x larg. 37,5 x prof. 20
N.º de Inventário: PD1086

Peça (possivelmente de origem alemã) para defesa do tronco, composta de uma só placa e de configuração algo arredondada, para melhor adequação ao tórax. Aresta central em relevo, quase de alto a baixo. Aproximadamente na zona dos mamilos apresenta dois botões, talvez com funções decorativas. Decote pronunciado na zona do pescoço e, mais ligeiro, em forma de arco, na base. A fixação desta peça fazia-se por meio de dois conjuntos de dois orifícios abertos na zona dos ombros e através de dois ferrolhos aplicados em baixo, nas laterais. O rebordo da peça apresenta-se revirado para fora, a quase toda a volta. Não tem mais decoração (talvez porque se destinasse a ser vestido por baixo de outra peça). Apresenta muitas mossas, sobretudo na parte alta do peito.

Os ‘peitos’ ou ‘peitorais’, concebidos para a defesa do tronco, são uma das peças nucleares do arnês. Protegiam a parte da frente do tronco e, inicialmente, eram compostos por uma só placa, de ferro ou de aço. É possível que, numa fase muito primitiva, tenham sido utilizados como ‘simples’ reforço das cotas de malhas.

João Gouveia Monteiro