Horário: Todos os dias, das 10h00 às 18h00

Rua Conde Dom Henrique

4800-412 Guimarães

PD0165

Objeto museológico (PDB)

Aquário
Autor: Desconhecido
Centro de Fabrico: China
Data: Século XVIII (Dinastia Qing, período de Qianlong)
Material: Porcelana
Dimensões (cm): alt. 41,5 x Ø 63,5
N.º de Inventário: PD0165

Grande aquário com pegas em forma de cabeça de leão budista, douradas mate, sem as respetivas argolas.

Executado em porcelana branca, pintado com esmaltes policromos, sobre um vidrado expeço e brilhante, com o predomínio da cor vermelho ferro, rosa, laranja e azul, nos elementos florais de maior expressão. Os desenhos são detalhados a ouro, com repinte posterior à execução.

O interior do aquário está pintado várias carpas, caranguejos e lagostins, representados nas tonalidades de esmaltes da família rosa, encontram-se rodeados por folhas de lótus, ramagens floridas e pequenas flores diversas.

Esta tipologia de peças decorativas, caraterizada não só pelas grandes dimensões naturalmente de difícil execução, como pela decoração cuidada, foram largamente apreciadas na Europa em geral e em Portugal em particular, onde aliás se conhecem vários pares. Estes aquários fariam certamente parte da decoração dos espaços de vivência privados, mas desconhece-se ainda o seu modo de uso, ao contrário dos seus congéneres na China onde eram recorrentemente usados como aquários para decoração de salas.