Horário diário: ver "Planear Visita"

Rua Conde Dom Henrique

4800-412 Guimarães

PD0055

Jarrão “Sampaio e Melo”
Autor: Desconhecido
Centro de Fabrico: Fornos de Jingdezhen, China
Data: 1700-1720 (Dinastia Qing, período Kangxi)
Material: Porcelana
Dimensões (cm): Alt. 118; Ø 52,5
N.º de Inventário: PD0055

Um de dois potes com tampas de grandes dimensões, executados ao torno, feitos em porcelana branca policromada nas cores azul cobalto, verde, amarelo, sépia e ouro, sendo a decoração de temática europeia. Dentro de reserva o brasão de armas do encomendante: Sampaio e Melo.

Os dois potes, apesar de serem semelhantes, aparentemente não são um par. um deles apresenta uma pintura erudita, em que a escala dos ornamentos em relação ao fundo é equilibrada, os desenhos são cuidadosamente delineados, com uma grande pormenorização e a pintura cuidada, com aguadas cuidadosamente aplicadas respeitando rigorosamente os limites dos desenhos. Já o outro tem alguns ornamentos fora da escala relativa de conjunto.

Maria Antónia Pinto Matos

Período Kangxi
O Imperador Kangxi foi um dos mais importantes da história da China. O seu reinado de 61 anos (1662 – 1722) foi o mais longo da história chinesa e consolidou o poder da nova dinastia Qing.

No que diz respeito à produção de porcelanas, o período Kangxi foi, ao mesmo tempo, inovador e continuador de diversas técnicas utilizadas em tempos anteriores. Fez-se um grande investimento no centro de fabrico em Jingdezhen, atingindo-se os três mil fornos.

As técnicas de pintura, que se desenvolveram durante a dinastia Ming, alcançaram um grande refinamento técnico no período Kangxi. A par da produção de porcelana “azul e branco”, é criada a Famille Verte (Família Verde), uma paleta composta por verde, vermelho-ferro, amarelo, roxo, juntando-se mais tarde o esmalte azul (c. 1700).

Este período tornou-se numa era de grande esplendor que se prolongou pelos reinados seguintes.

Objeto museológico (pote Sampaio e Melo)