Horário diário: Aberto todos os dias

15-A

Retrato do Rei D. Manuel II
Autor: José Nunes Ribeiro Júnior
Centro de Fabrico: Portugal
Data: 1909
Material: Óleo sobre tela
Dimensões (cm): Larg. 141; alt. 186
Proprietário: Museu de Aveiro
N.º de Inventário: 15-A

D. Manuel II é representado a mais de meio corpo, enverga farda militar de gala com dragonas douradas nos ombros – Marechal General da Armada, ostentando diversas condecorações na qual se identifica o Colar da Ordem Militar da Torre e da Espada, duas placas e dois distintivos. Ao peito, na diagonal, sustenta uma faixa com várias cores. Na mão esquerda suporta luvas brancas e uma espada embainhada.

D. Manuel nasce em Lisboa, a 15 de novembro de 1889, sendo filho do rei D. Carlos e de D. Amélia. Foi o último rei de Portugal.

A sua educação moral e física foi cuidada e rigorosa. D. Manuel II tinha um especial gosto pelas artes, literatura e música (tocava órgão), sendo também exímio no estudo e na investigação histórica. Falava corretamente várias línguas, o francês era o seu segundo idioma (desde os seis anos que lia, escrevia e falava francês).

Aos 18 anos assume o trono, em consequência do assassinato, em 1908, de seu pai e de seu irmão, o príncipe herdeiro, D. Luís Filipe.

Enquanto rei mantém a fidelidade à Carta Constitucional.

Em 1910, após cerca de dois anos de governação, e como consequência da instauração da República em Portugal, D. Manuel II é destituído, exilando-se em Inglaterra até à sua morte.

Participa na Primeira Guerra Mundial, integrando e subsidiando a Cruz Vermelha Internacional, e participando no acompanhamento de feridos de guerra.

D. Manuel II tinha um especial gosto pelas artes em geral, e pela história, literatura e música, em particular. No exílio, reuniu uma preciosa biblioteca, dedicando-se ao estudo de obras portuguesas dos séculos XV e XVI.

Falece em Inglaterra, em 1932, com apenas 43 anos de idade devido a um edema da glote (provavelmente provocado por uma reação alérgica). Encontra-se sepultado em Lisboa, no Panteão Real da Dinastia de Bragança, no Mosteiro de São Vicente de Fora.