Horário diário: Todos os dias, das 10h00 às 18h00 (última entrada 17h30).

Rua Conde Dom Henrique

4800-412 Guimarães

MNMC2634

São Jerónimo
Autor: Belchior da Fonseca
Centro de Fabrico: Coimbra, Portugal
Data: 1583
Material: Óleo sobre madeira
Dimensões (cm): Larg. 58; alt. 91,5
N.º de Inventário: MNMC2634

São Jerónimo (340/347 d.C – 420 d.C) nasceu Eusebius Hieronymus Sophronius, em Stridon, na Dalmácia (atual Croácia).

Descendente de família abastada, culta e cristã, desfrutou de uma juventude aventureira, antes de ir para Roma estudar os clássicos e a arte retórica e de viajar pela Gália e pela Alemanha. Dominava fluentemente o latim, o grego e o hebraico.

Por volta de 365 d.C, foi batizado pelo papa Libério. Posteriormente, rumou em peregrinação à Terra Santa, retirando-se para o deserto da Síria, onde viveu como eremita.

Em 373 d.C, durante o caminho para Antioquia (na atual Turquia), terá, segundo a lenda, retirado um espinho da pata de um leão, animal que se diz ter ficado seu fiel companheiro.

Após o seu regresso a Roma, tornou-se colaborador do papa Dâmaso I, recebendo a incumbência de traduzir a Bíblia do grego e do hebraico para o latim. O conjunto final da sua tradução ficou conhecido como “Vulgata”, tornando-se o texto bíblico oficial da Igreja Católica, aprovado no Concílio de Trento.

Por volta de 386 d.C, São Jerónimo saiu de Roma e foi viver definitivamente para Belém, onde permaneceu como monge penitente e estudioso, continuando as traduções bíblicas até falecer.

São Jerónimo faleceu, com cerca de 80 anos, de causas naturais e foi sepultado sob a Igreja da Natividade (Belém). Mais tarde, as suas relíquias foram transferidas para Santa Maria Maior, em Roma.

Tradicionalmente, São Jerónimo é representado no deserto ou no seu estúdio, acompanhado por um leão, muitas vezes com vestes e chapéu vermelhos de cardeal, normalmente a escrever com uma pena; por vezes é representado, também, com barba branca, com uma caveira e uma cruz, com uma trombeta ou com uma pedra.

É o santo padroeiro de todos os que se dedicam ao estudo da Bíblia, dos tradutores, dos arqueólogos, dos arquivistas, dos bibliotecários e dos estudantes.

Objeto museológico - S. Jerónimo