Horário: Ver "Informações Especiais Covid-19"

Rua Conde Dom Henrique

4800-412 Guimarães

Reservas Museológicas

Reservas Museológicas

Reservas

Para além das centenas de objetos que o Paço possui em exposição permanente, há muitas outras guardados nas suas Reservas museológicas. Neste espaço iremos dando conta do modo como delas cuidamos e de que maneira os investigadores a elas podem ter acesso.

No Paço dos Duques de Bragança, se grande parte do acervo se enquadra no percurso expositivo, onde adquire valor patrimonial e cenográfico, não é menos verdade que existe, fora do alcance do visitante, um grande número de objetos que, quer por dispensáveis para a narrativa da exposição permanente quer pelo seu frágil estado de conservação, têm permanecido nas Reservas.

Apesar de pertencerem aos bastidores dos museus, as Reservas reúnem preciosos tesouros, tendo adquirido relevância como espaços obrigatórios em contexto museológico, tal como o determina a Lei n.o 47/2004 de 19 de agosto, que aprova a Lei-Quadro dos Museus Portugueses:

Art. 30.º

1 – O museu deve possuir reservas organizadas, de forma a assegurar a gestão das coleções tendo em conta as suas especificidades.

2 – As reservas devem estar instaladas em áreas individualizadas e estruturalmente adequadas, dotadas de equipamento e mobiliário apropriado para garantir a conservação e segurança dos bens culturais.

Art. 51.º

1 – As instalações do museu comportam necessariamente, espaços de acolhimento, de exposição, de reservas e de serviços técnicos e administrativos.

A instalação de objetos nas Reservas é uma das principais medidas da conservação preventiva pois permite assegurar a gestão de riscos, contribuindo, desta forma, para o cumprimento da missão e objetivos do museu.

Reconhecida a necessidade de intervenção nestes espaços, em 2016 demos início ao processo de Reorganização das Reservas, tendo como, principal, objetivo executar as mudanças necessárias, ao nível do acondicionamento das coleções. Promovendo e implementando, deste modo, o uso de boas práticas de conservação preventiva e as condições corretas de organização, conservação e acessibilidade.

Divididos por tipologias, o Paço dos Duques dispõe, atualmente, de cinco espaços de reserva onde se salvaguardam 275 objetos das diferentes tipologias aqui apresentadas:

Reservas

A organização por tipologias visa promover o controlo das condições ambientais e a escolha de equipamentos a instalar em cada área. Ajustando, dessa forma, às necessidades dos objetos.

As reservas do Paço dos Duques, não sendo reservas visitáveis, estão abertas à comunidade científica que pretenda utilizá-las como centros de conhecimento, pesquisa, informação e documentação.

Cuidar hoje, para ter amanhã… é o nosso lema!