Horário: Ver "Informações Especiais Covid-19"

Rua Conde Dom Henrique

4800-412 Guimarães

Objetivos e Vocação

Objetivos e Vocação

Objetivos

Tal como consta no seu Regulamento Interno (Artigo 5.º):

São objetivos do Paço dos Duques:

– Efetuar o registo, investigação, divulgação e preservação dos imóveis que lhe estão afetos (Paço dos Duques, Castelo e Igreja de S. Miguel), assim como do acervo pertencente a cada um;

– Efetuar a ligação do Paço dos Duques com as escolas e a comunidade em geral, através da promoção de atividades educativas, culturais e sociais;

– Desenvolver ações e atividades tendentes à captação, diversificação e fidelização de públicos;

– Fomentar atividades culturais que sejam consideradas de interesse para a região;

– Efetuar a aquisição de acervo que seja considerado de interesse para os monumentos, dentro da sua política de incorporações e das possibilidades financeiras existentes;

– Estabelecer e fazer cumprir as normas de conservação preventiva adequadas aos monumentos e seu acervo;

– Definir e fazer cumprir as normas de acesso e circulação nos monumentos de modo a garantir a segurança dos imóveis, acervo e pessoas;

– Manter atualizados os registos do Palácio, nomeadamente o inventário das suas coleções;

– Integração do conjunto ao nível local, regional e nacional;

– O desenvolvimento de estudos da história e da evolução sobre a história da Casa de Bragança;

– Promoção da internacionalização do Paço dos Duques – Monte Latito. Desenvolver relações institucionais com entidades nacionais e estrangeiras de modo a fomentar o intercâmbio de informações e o eventual desenvolvimento de projetos comuns;

– Criação e desenvolvimento de um Centro de Ciência e Investigação no âmbito da fundação de Portugal.

 

Vocação

Tal como consta no seu Regulamento Interno (Artigo 4.º):

Constitui vocação principal do Paço dos Duques – Monte Latito o seguinte:

– A conservação, inventariação, documentação, valorização, divulgação e estudo do património que lhe está afeto, que se pode dividir em duas partes: o Património Imóvel (que integra o Paço dos Duques, o Castelo de Guimarães, a Igreja de S. Miguel do Castelo e a área envolvente a estes monumentos nacionais) e o Património Móvel (que constitui o acervo destes monumentos).

– É residência oficial da Presidência da República.